Mensagem do Presidente do Congresso e Presidente da SPH
Caros/as Colegas,

O Congresso anual da Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH) decorre, de 25 a 28 de Fevereiro de 2016 em Vilamoura e por via da Plataforma “LiveStreaming” em simultaneamente para mais 20 locais de 4 países Lusófonos. Esta plataforma vai permitir que os congressistas destes Países participem e interajam no congresso como qualquer outro congressista que participa presencialmente, podendo colocar questöes em direto, oralmente ou por escrito, receber as respostas, bem como escolher as sessöes em que quer participar, uma vez que todo o Congresso está acessível online.

A dimensão do nosso Congressos tem aumentado anualmente quer pelo número de congressistas inscritos quer pelo número de países Lusófonos envolvidos, cuja participação este ano em ”tempo real” passa de 3 países (Angola, Brasil e Moçambique) para 4 países com a entrada de Cabo Verde.

Com o patrocínio científico da Ordem dos Médicos (OM), da Sociedade Europeia de Hipertensão (ESHI) e da Liga Mundial de Hipertensão (WHL), este Congresso conta mais uma vez com a prestigiada acreditação do “European Board Acreditation in Cardiology” (EBAC) que nos atribuiu 18 créditos.

Neste congresso, contamos com a habitual presença dos palestrantes pertencentes à, Sociedade Europeia (ESH), (que incluirá o atual presidente da mesma facto que muito nos honra), Sociedade Húngara, Sociedade Brasileira de HTA, Sociedade Polaca de Hipertensão e Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Contamos também como já referido com a presença de Angola, Brasil Cabo Verde e Moçambique e ainda pela 1ª vez com a presença das Sociedades de Hipertensão Espanhola e Argentina representando o reforço da afirmação internacional da SPH.

Com reconhecido mérito nacional e internacional, que tem granjeado ao longo dos anos, este Congresso tem a particularidade de ser em simultâneo, um eixo de várias centralidades: formação continua, discussão de aspetos práticos do diagnóstico, debate sobre as mais eficazes medidas de prevenção primária do desenvolvimento de doença cardiovascular, partilha de conhecimento científico, troca experiência e boas práticas.

A vertente formativa do nosso congresso tem como objetivo contribuir para formação contínua de todos os Médicos, mas na mesma linha de continuidade dos anteriores privilegia como publico alvo a Medicina Geral e Familiar. Esta especialidade Médica pela proximidade, inerente às suas competências, junto da população, constituiu-se como um veículo fundamental quer no tratamento quer na prevenção da doença cardiovascular. Ainda no âmbito da vertente formativa do congresso decorrerá a 5ª edição o Curso Prático de Formação Pós-graduada, constituído por cursos sobejamente procurados e que contamos seja um sucesso como anos anteriores.

Haverá ainda as sessöes pertencentes ao núcleo de internos da SPH (NISP), do qual muito nos orgulhamos pelo seu dinamismo e vitalidade, eles serão, a curto prazo, o futuro da nossa sociedade.

A presença habitual de oradores de renome internacional na área da HTA (sobejamente conhecidos, ver programa), veiculada pela qualidade e excelência de um conjunto oradores nacionais de referência, sempre presentes nos nossos congressos e pilares fundamentais da nossa sociedade, consolidará em conjunto com estes um programa aglutinador de intervençöes de grande qualidade e valor científico, gerador de mais-valia ao nível do conhecimento para todos os participantes do congresso.

Por fim, mas não menos importante, quero realçar o apoio da indústria farmacêutica que reconhecendo a dimensão e a qualidade científica do nosso congresso, se constitui sempre, mesmo em períodos conturbados, num parceiro fundamental para a sua organização.

Porque o Congresso é feito por todos nós, resta-me desejar a todos um bom trabalho e endereçar o meu muito obrigado pela vossa presença.
J. Mesquita Bastos
Presidente do Congresso e Presidente da SPH
2015 Sociedade Portuguesa de Hipertensão. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: b-online.pt